CÂMARA RESPONDE PRONUNCIAMENTO DO PREFEITO MUNICIPAL

População amparense, em resposta ao posicionamento do chefe do poder executivo quanto a votação de um Projeto de Lei nº 06/2020, que visava autorizar financiamento de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) junto ao BDMG, no qual foi reprovado, esclarecemos que esta Casa Legislativa se pauta pelo princípio democrático e respeito a pluralidade de ideias e pensamentos.

Partindo deste preceito, o respeito deve ser considerado à todos que se posicionaram quanto a matéria, sendo eles favoráveis ou contra ao texto ora apresentado.

Tratando-se de tema que acarreta em endividamento do município, cabe ressaltar que Santo Antônio do Amparo encontra-se com uma dívida estimada acima de 10 milhões de reais, o que certamente comprometeria o desenvolvimento futuro de nossa cidade.

Entendendo que agora que o país vem se recuperando de uma forte crise financeira, onde a recuperação mesmo que abaixo do esperado, se mostrou efetiva a partir do ano passado, reconhecendo que este ano em especial houveram algumas situações que dificultaram a vida de todos, há de se reconhecer que uma boa gestão se faz com busca de meios alternativos, inteligentes e eficientes na aplicação dos recursos.

Assim posto, o que se pode notar, é que muitos foram os gastos que mesmo ocorrendo de forma legal, não mostraram a devida eficiência, um exemplo claro é em relação a coleta de resíduos sólidos, que mesmo o município possuindo equipamentos, mão de obra e expertise, optou por contratar uma empresa terceirizada que elevou em aproximadamente 3 vezes os custos com a prestação deste serviço.

Cabe relembrar que em 2017 esta Casa aprovou por unanimidade financiamento para o mesmo fim no valor de 2 milhões de reais, sendo que até a presente data não foi informado aos edis sobre a execução e seus valores gastos, ainda em tempo, esta Casa através dos vereadores emitiu aproximadamente 100 documentos direcionados ao executivo tratando de assuntos pertinentes a pavimentação e/ou tapa buracos.

Concluindo, dentro do entendimento individual de cada parlamentar, a votação se fez de forma democrática, onde a maioria entendeu que mesmo reconhecendo a necessidade que os munícipes têm quanto aos problemas com pavimentação, este poderia ser solucionado a mais tempo, empregando o dinheiro de forma eficiente não comprometendo ainda mais o futuro econômico de nossa cidade.

Finalizamos, agradecendo o povo amparense quanto o entendimento sobre a responsabilidade dos seus representantes que trabalham de forma transparente, em prol do desenvolvimento consciente do município e principalmente atendendo os anseios coletivos deste povo que vislumbra o crescimento de Santo Antônio do Amparo.